foto

Consultório Odontológico-Dr Thomaz Pessoa e Equipe

Aqui você encontrará os mais modernos e sofisticados métodos preventivos e conservadores para tratamento de doença periodontal e resoluções estéticas faciais atuando em modificações de lábio e reabilitações dentárias através de implantes tradicionais e especiais.

Periodontia

Utilizamos as mais modernas e técnicas de tratamentos odontológicos conhecidas tais como: Periodontia Moderna que preconiza como base fundamental métodos preventivos e conservadores preferencialmente não cirúrgicos segundo a escola escandinava no tratamento de doenças gengivais (gengivite), conjuntivo-ósseas (periodontite) e suas conseqüências.

Tratamento:

Compreende 3 fases: preventiva, curativa e proservação

Preventiva

Remoção de Fatores de Retenção de Placa: Consiste na remoção de fatores retentivos que dificultam a limpeza como cálculos (tártaro), restaurações em excesso ou pontos de contato apertados entre os dentes que dificultam a limpeza e o uso do fio dental.

Controle de Placa:

Orientação individual dirigida pela equipe para controle de placa bacteriana com instrumentos diferenciados como: monotufo, fio dental, forquilhas para fio dental, interdentais e escova elétrica, até que o paciente consiga promover e manter a cura definitiva das doenças periodontal e cárie. Evitando assim uma das conseqüências mais comuns do acúmulo de placa bacteriana (biofilme) que são as recessões (exposições dentárias) antiestéticas e sensíveis, tendo como tratamento de escolha o controle do biofilme estabilizando assim o nível da recessão, e posteriormente com técnicas de MICROCIRURGIA, o recobrimento das raízes expostas com enxertos conjuntivos.

Curativa

Raspagem subgengival sem acesso cirúrgico: Remoção de tecidos radiculares contaminados com bactérias calcificadas ou não, que causam destruição conjuntiva e/ou óssea no sentido apical, causando assim, desinserção do dente e conseqüentemente mobilidade culminando em perda dentária. Raspagem subgengival, SEM ACESSO CIRÚRGICO, isto é, evitando os efeitos colaterais obtidos pela terapia cirúrgica clássica como recessões gengivais, sensibilidade radicular e efeito antiestético, sem levar em consideração o pós operatório doloroso e demorado.

Proservação

Fase complementar do tratamento que vai garantir a manutenção da saúde periodontal. O periodontista passa a aferir o nível gengival e inserção através de sondagem para comprovar a inatividade de perda óssea ou conjuntiva ou mesmo níveis gengivais, estabelecendo o risco de doença ajustando a freqüência da próxima reconsulta, baseado nos níveis qualitativos e quantitativos de placa bacteriana e seus efeitos. O profissional elimina os fatores retentivos de placa que facilitam a doença periodontal e cárie dentária (lesões cariosas) como placa bacteriana calcificada ou não, restaurações retentivas e outros. Finalizando o procedimento com reorientação no controle do biofilme e polimento para promover uma lisura de superfície a fim de dificultar a retentividade bacteriana. Microcirurgia para realizar enxertos estéticos e funcionais.

Técnicas avançadas de microcirurgia, para resolução de problemas estéticos, assim como de hipersensibilidade radicular por exposição ("retração gengival"), traumática ou inflamatória. São atualmente solucionadas com segurança e com um mínimo de desconforto cirúrgico, porque disponibilizamos de micromateriais, que através de lupas especiais e iluminação própria, podemos utilizar fios de sutura reabsovíveis com micro agulhas que também são usadas na oftalmologia por se tratar de tecidos sensíveis e delicados.